Política Proibido infartar

Apresentando provas, deputada Michelle Melo denúncia falta de remédios no Pronto-Socorro

Por George Naylor

14/05/2024 às 23:49:34 - Atualizado h√°

"A falta desse medicamento pode resultar na perda de uma vida e quero deixar claro que isso não depende da gestão que est√° na unidade ou servidores, mas depende das prioridades que são dadas pela Secretaria de saúde. A falta de medicamento acontece pela falta de gestão do governo e não pelos servidores que estão dando o seu melhor tentando cuidar das pessoas. Hoje, se um de nós infartarmos ou algum dos nossos passarem por esse momento tr√°gico nas nossas famílias, não teremos os medicamentos necess√°rios para salvar essas vidas.

A falta de medicação e todo descaso com a saúde pública no Acre foi evidenciado na manhã desta terça-feira, 14, na Assembleia Legislativa do Acre (ALEAC).

A deputada Michelle Melo foi a voz da denúncia que comprovou com vídeos a falta de medicamentos no principal hospital do Acre.

"Voc√™s j√° viram que trabalhamos arduamente para trazer o que de fato importa para o nosso povo. Estamos seguindo uma sequ√™ncia de vistorias nas unidades b√°sicas de saúde e voltamos ao Pronto-Socorro onde identificamos a falta de medicamentos fundamentais para atender pacientes com suspeita de infarto. Apresentei um vídeo que comprova a gravidade dos fatos averiguado. O povo acreano não tem segurança com a sua saúde," detalhou a deputada.

A parlamentar, que é médica, j√° foi atendente do Samu e professora de Urg√™ncia e Emerg√™ncia, explicou que a culpa não é da gestão que administra os pontos de atendimento de saúde, mas sim do governo do Estado.

Comunicar erro

Coment√°rios Comunicar erro

O Janelão

© 2024 O Janelão - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

O Janelão